Notícias

Com o maior aquário de água doce do mundo, Campo Grande ganha Bioparque Pantanal

Campo Grande, 29/03/2022 as 5:34

Foi inaugurado na manhã desta segunda-feira (28/3), o Bioparque Pantanal – Espaço de Experiência e Conhecimento. A cerimônia contou com a presença de diversas autoridades e foi prestigiada também pela presidente do Crea-MS, engenheira Vânia Mello.

Foto: Bruno Rezende

Localizado no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, o espaço foi projeto pelo arquiteto Ruy Ohtake, falecido em novembro do ano passado, aos 83 anos. São cerca de 20 mil m2 de área construída e um volume de 5 mi de litros de água, divididos em 33 tanques. O complexo conta ainda oferece um museu interativo, biblioteca, auditório com capacidade para 250 pessoas, sala de exposição e laboratórios de pesquisa para estudantes e pesquisadores.

“A inauguração deste espaço, uma complexa e grande obra, é um marco para Mato Grosso do Sul, que ganha em pesquisas, em turismo e em desenvolvimento”, garantiu a presidente Vânia Mello.

Durante palestra ministrada por Ohtake, em 2014, no Crea-MS, ele disse que o então denominado “Aquário do Pantanal será um centro de convergência importante não só para o estado de Mato Grosso do Sul, como também para o país. O aquário terá categoria mundial. Por essa razão, o espaço tem que ser um pouco surpreendente e inovador. A função não pode ser desarticulada da estética. Esses aspectos precisam funcionar juntos”, afirmou Ohtake.

Comunicação Crea-MS