Notícias

Agronomia perde Ademir Hugo Zimmer

Campo Grande, 22/12/2022 as 3:03

Com grande tristeza recebemos a notícia do falecimento do engenheiro agrônomo Ademir Hugo Zimmer, ocorrido aos 73 anos, em decorrência de um infarto nesta quinta (22/12), em Campo Grande.

Foto: Divulgação Embrapa Gado de Corte

Gaúcho de Rolante, Zimmer nasceu em 18 de outubro de 1949. Em 1974 formou-se em Agronomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e no ano seguinte passou a integrar o corpo de pesquisadores da Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande. Mestre em fitotecnia e doutor em zootecnia, o engenheiro agrônomo atuava nas áreas de pastagens, integração lavoura-pecuária, sistemas de produção, bovino de corte e cobertura vegetal.

“Além de toda inovadora e grandiosa atuação profissional, deixou sua indelével marca de contribuição à luta classista, enquanto presidente, por dois mandatos, da Associação de Engenheiros Agrônomos de Mato Grosso do Sul (Aeams) e conselheiro do Crea-MS, nas décadas de 1980 e 1990”, declarou a presidente do Crea-MS, eng. agrim. Vânia Mello.

Em novembro de 2001, por indicação do Crea-MS, Zimmer foi galardoado com a Medalha do Mérito, a mais alta honraria do Sistema Confea/Crea e Mútua, ocasião em que disse: “qualquer mérito da minha atuação deve ser dividido e atribuído também aos meus colegas da Embrapa Gado de Corte e aos membros das diretorias das entidades que participei, da Associação de Engenheiros Agrônomos de Mato Grosso do Sul (Aeams) e da Federação das Associações dos Engenheiros Agrônomos do Brasil (Faeab), bem como à diretoria e conselheiros do Crea-MS”, declarou.

Zimmer, em toda sua grandiosa generosidade,  deixa um legado de grande contribuição à agricultura brasileira, especialmente nas atividades das áreas de manejo e nutrição animal, com conceitos atuais e muito utilizados pelos profissionais. Aos familiares, amigos e colegas de profissão, o Crea-MS, em nome de sua presidente Vânia Mello, conselheiros e empregados manifesta o mais profundo pesar neste momento de tão grande dor.

Comunicação Crea-MS